Este é o cache do Google de http://www.projetopianoforte.com.br/sobre.html. Ele é um instantâneo da página com a aparência que ela tinha em 20 out. 2017 12:40:13 GMT.
A página atual pode ter sido alterada nesse meio tempo. Saiba mais
Versão completaVersão somente textoVer código-fonteDica: para localizar rapidamente o termo de pesquisa nesta página, pressione Ctrl+F ou ⌘-F (Mac) e use a barra de localização.
Sobre - PianoForte

Conheça o 
PianoForte

Assista nosso vídeo institucional!

PianoForte é um projeto sócio educativo cultural, desenvolvido na cidade de Bagé (RS) com o intuito de dar acesso ao maior número de crianças e adolescentes de baixa renda, que estejam matriculados regularmente em escolas da rede pública, usando como metodologia o ensino coletivo de piano e o modelo C (L) A (S) P de educação musical, pensado pelo educador musical britânico Swanwick. Este modelo favorece uma ampla e efetiva experiência com a música e usa 5 atividades musicais:


C: composição

L: literatura

A: audição ou apreciação

S: aquisição de habilidades (skills)

P: performance ou execução


O projeto teve início em maio de 2017, e usa como inspiração a tradição que o país e a própria  cidade tem com o instrumento piano, tanto que na cidade existe um grupo conhecido como Pianistas de Bagé” o qual reúne anualmente inúmeros pianistas de diferentes gerações para executarem obras musicais fazendo uso de cinco pianos simultaneamente. 


Definitivamente a invenção do italiano Bartolomeu Cristofori, conhecida inicialmente como PianoForte, é muito apreciada por nós e pretendemos através do projeto perpetuar a paixão por  esse lindo instrumento musical.  Dentre tantos objetivos que temos, podemos citar a preocupação em desmistificar a ideia que o piano só faz parte das classes sociais mais elevadas e o de despertar o interesse da nova geração em profissionalizar-se nessa área, além de auxiliar a diminuir o risco de crianças e jovens em vulnerabilidade social. 


Para que seja possível manter esse projeto, contamos com a parceria de pessoas físicas e  jurídicas. Estes parceiros contribuem com valores que possibilitam arcar com os custos básicos de material didático, uniformes, espaço físico, aquisição de mais instrumentos musicais, manutenção dos pianos (afinações periódicas) e o pagamento de professores de piano para ministrarem as aulas.